Sharing is caring!

PTG WOTT Men

.

Leia o Testemunho de Casamento Restaurado

Palavra de Seu Testemunho
Para ajudar VOCÊ
A superar qualquer medo e dúvidas na
Habilidade e Desejo de Deus em
Restaurar SEU Casamento!

O Poder de Deus agiu em minha Vida! 

Eu tenho visto o PODER DE DEUS agir em minha vida e tenho testemunhado MILAGRES REAIS que não podem ser explicados pela ciência! Vi pessoas sendo curadas e demônios exorcizados quando Deus coloca as minhas mãos sobre elas. Eu conhecia as Escrituras, eu estava caminhando em concordância, mas eu era um fariseu!

Quando minha esposa me deixou, depois de três anos de casamento, e deixou nosso filho de dois anos comigo, porque ela não podia “arcar com a responsabilidade”, não tive forças para lutar por ela. Eu apenas cuidei do meu filho, sozinho, por quase doze anos. Eu não sentia alegria em minha vida e nunca levei isso ao Senhor! Satanás me cegou de um jeito que eu nem nunca pedi a Deus que trouxesse minha esposa de volta! PIOR, eu disse a Deus que “não pediria!”

Lentamente minha vida foi desmoronando! Eu tive namoradas, mas nunca consegui me apaixonar, e me sentia vazio! Foi aí que conheci uma amiga a quem chamarei de “Betty”. Eu sempre obedeci quando Deus me disse para fazer ou dizer alguma coisa, então, quando Ele me disse que contasse a minha história  Betty, eu obedeci a Ele.para

Minha amiga me olhou maravilhada! Ela me disse depois que não compreendia como eu podia conhecer o poder de Deus e ainda assim parecer tão vazio! Ela me descreveu com um “morto vivo”! Na próxima vez que nos falamos, eu desejei conhecê-la melhor (talvez como uma provável namorada), mas, ao invés disso, eu contei a ela como minha vida tinha estado confusa desde que minha esposa me deixara. Betty, na verdade, me passou um sermão por não enfrentar o inimigo e permanecer pelo meu casamento!!! Eu disse a ela que não conseguia orar por aquilo!

Minha amiga me perguntou sobre o que eu gostaria que ela orasse e eu disse, “Ore para que eu fique inteiro novamente e conheça a alegria da minha salvação!” Isso foi há dois meses atrás. Desde então, Deus tem agido incrivelmente rápido! Eu reaprendi a orar e, finalmente, pedi a Deus que trouxesse minha esposa de volta para mim.

E assim, depois de 12 anos, minha esposa me ligou e disse que queria voltar para casa! GLÓRIA A DEUS!!!

Capítulo 11 "Apegar-se à Sua Esposa"

“Porque o Senhor, o Deus de Israel
diz que odeia o repúdio (divórcio).”
—Malaquias 2:16

mrym-Portuguese-cover

Por que tantos casamentos acabam em divórcio? Todos ouvimos as estatísticas... 50% dos primeiros casamentos acabam em divórcio e 80% dos segundos casamentos acabam em divórcio. Isto significa que apenas 20% dos segundos casamentos sobrevivem! A verdadeira vergonha é que há igualmente tantos casamentos acabando em divórcio NA igreja!! Os Cristãos agora aceitam o divórcio como uma opção! Por que a enxurrada de tantos casamentos falidos?

“E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha” (Mateus 7:25). Sua casa foi edificada sobre a Rocha? “E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda” (Mateus 7:27).

A Rocha na qual  temos que construir é a Palavra de Deus! Quantas de nós realmente conheciam os princípios que leram neste livro até agora a respeito do casamento? Oséias 4:6 diz que “...o povo (de Deus) foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.” Isto certamente foi uma verdade para mim e estou certa de que é verdade para você também!

Então, quando nosso casamento fracassa, buscamos livrar-nos deste casamento apenas para repetir os mesmos erros no segundo casamento ou no subsequente. Deus odeia o divórcio, mas quando estamos no meio do problema é o que achamos que nos trará alívio. Até tentamos convencer a nós mesmas e aos outros que o divórcio é o que Deus quer para nós, uma vez que Ele não iria querer que sofrêssemos.

O Engano

Quando estimulamos um pensamento ou ideia errados, Deus nos diz: “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Não erreis, meus amados irmãos” (Tiago 1:14-16). A definição de concupiscência é o “desejo” pelo que é proibido, como desejar o divórcio quando Deus diz que odeia o divórcio. Muitos dizem que não há nada de errado no divórcio, especialmente em certas circunstâncias.

Devemos obedecer a Deus ao invés de ao homem. Todo mundo tem sua opinião a respeito do casamento e do divórcio (o que ‘pensam’ que Deus diz a respeito do casamento em Sua Palavra). Porém, “mais importa obedecer a Deus do que aos homens” (Atos 5:29).

Ele é nossa única esperança de salvação. Não siga o que outra pessoa diz. Ao invés, siga a Deus, obedeça a Ele, porque Ele é nossa única esperança de salvação. Não complique Sua Palavra tentando descobrir ‘o que você acha que Ele quis dizer’. Ele quis dizer exatamente o que Ele disse!

Eu não me envergonho do evangelho de Cristo. Por favor, permaneça firme nos ensinamentos de Deus, a despeito do que é popular ou de quantas pessoas em sua igreja se divorciaram e/ou cassaram novamente. “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê” (Romanos 1:16).

Por favor, entenda que se casamentos devem ser salvos, devemos permanecer na verdade! Aqueles segundos casamentos que ‘parecem’ felizes são na realidade viver sobre fracasso, não um testemunho da fidelidade de Deus. Eles continuam a fazer muitos outros sofrerem ou viverem aquém do melhor de Deus, especialmente as crianças que sofrem mais! E fazem com que muitos, que estão enfrentando dificuldades em seus casamentos, caiam. É muito tentador arrumar uma segunda esposa quando muitos professam que acharam a felicidade em seu segundo casamento depois de terem se livrado do primeiro!

Instruindo com mansidão aos que resistem. Por favor, não discuta o assunto do divórcio. Cada pessoa é responsável somente por falar, ensinar e viver a verdade. Então o Espírito Santo trará o convencimento e Deus converterá o coração. “E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas. E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor. Instruindo com mansidão aos que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade, e tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos” (2 Timóteo 2:23-26).

A árvore é conhecida por seus frutos. Podemos ver os ‘frutos’ em muitas lideranças da igreja - aqueles que permitiram um amplo abuso de ‘exceções’ para o divórcio. Temos visto que isto começou com a brecha da ‘infidelidade ou adultério’ e chegou ao divórcio por praticamente qualquer motivo! Há um paralelo com o que aconteceu com a questão do aborto... estupro, incesto, e saúde da mãe atualmente significam menos de 1% de todos os abortos realizados! “Por seus frutos os conhecereis” (Mateus 7:16). “Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore” (Mateus 12:33). Podemos ver claramente o mau fruto que tem sido produzido por comprometerem a Palavra de Deus - casamentos destruídos e votos quebrados.

As Questões

Por que devemos compreender e seguir a Lei de Deus a respeito do casamento?

Porque famílias têm sido destruídas, e sem a família, o fundamento no qual nossa terra se apóia será removido, e grande será nossa queda! Nós, como Cristãos, seremos culpados. Não podemos apontar o dedo para os outros, porque Deus nos promete como crentes que “...se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus e perdoarei seus pecados, e sararei a sua terra” (2 Crônicas 7:14).

Entretanto, os casamentos Cristãos estão perecendo na mesma medida de destruição que os do mundo. Por que? “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento” (Oséias 4:6). Os Cristãos têm sido enganados e estão seguindo os caminhos do mundo ao invés dos caminhos de Deus.

Como podemos saber se estamos sendo enganados a respeito do casamento e divórcio?

Voltando às fábulas. Muitos dos que sentam nos bancos da igreja não querem ouvir a verdade. “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências. E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas” (2 Timóteo 4:3-4).

Atualmente buscamos soluções mundanas para casamentos problemáticos ou feridos ao invés de buscar a Deus e Sua Palavra. “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido” (1 Pedro 2:9). Não seremos um ‘povo exclusivo e adquirido’ se seguirmos o caminho tão batido que leva ao tribunal de divórcio!

Para que não façais o que quereis. Sua Palavra é sempre consistente. A Palavra de Deus é oposta às filosofias do mundo e, algumas vezes, é difícil de compreender e seguir. “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (1 Coríntios 2:14). “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis” (Gálatas 5:17).

Mau fruto. Novamente, podemos ver facilmente os ‘maus frutos’ de todos os casamentos Cristãos que foram destruídos porque acreditaram nas mentiras. “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus” (Mateus 7:16-17).

Fatos Bíblicos para Permanecer Firme

Vamos pesquisar mais versículos bíblicos para ver como Deus vê o casamento:

O casamento é para a vida toda. Nós dizemos os votos ‘até que a morte nos separe’. “Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mateus 19:6). “E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne” (Marcos 10:8).

Deus diz que odeia o divórcio! Ainda assim, alguns homens estão realmente convencidos de que Deus as orientou a pedir o divórcio! Alguns disseram que Deus ‘os livrou’. Ele diz...”Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que odeia o repúdio (divórcio)” (Malaquias 2:16). Ele nunca muda... “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente” (Hebreus 13:8).

Você não é uma exceção: “Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas”  (Atos 10:34).

Casar novamente não é uma ‘opção’ - a Bíblia diz que é “adultério”! Eu, porém, vos digo (Jesus mesmo disse) que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição (imoralidade sexual), faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério” (Mateus 5:32). “Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar (divorciar-se de) sua mulher (esposa), não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério...” (Mateus 19:9).

Comete adultério. “E ele (Jesus de novo) lhes disse: Qualquer que deixar (divorciar-se de) a sua mulher (esposa) e casar com outra, adultera contra ela...” (Marcos 10:11). “Qualquer que deixa sua mulher, e casa com outra, adultera; e aquele que casa com a repudiada pelo marido, adultera também” (Lucas 16:18).

Falta de entendimento. “Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma” (Provérbios 6:32). “Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera” (Levítico 20:10).

E a Cláusula de ‘Exceção’?

Novamente, muito poucos divórcios na igreja são por causa de adultério, mesmo que esta fosse a ‘exceção’ correta. Quando foi dito a Erin que ela tinha razões para se divorciar porque eu estava em adultério, ela buscou saber a verdade. O que ela descobriu é que em muitas traduções da Bíblia as palavras “adultério” e “fornicação” ou “imoralidade sexual” são usadas de forma permutável como se fossem as mesmas palavras – mas não são! A palavra “adultério” (segundo a ‘Strong’s Concordance’ no Grego ou língua original corresponde a 3429 Moichao) significa depois do casamento. A palavra “fornicação” (4202) significa antes do casamento. Estes são dois pecados diferentes e não devem ser confundidos.

Então, quando a Bíblia diz em Mateus 19:9: “Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério;” essa exceção significa que um homem pode se divorciar de sua mulher se, antes do casamento, ela foi imoral ou cometeu fornicação – como foi o caso de José quando a Bíblia diz que ele pensou em se divorciar de Maria secretamente (Mateus 1:19). Não está dizendo que se você descobrir que sua esposa cometeu adultério, o que corresponde a ter intimidade depois de casada, você pode se divorciar dela.

Com esta informação, poderíamos reescrever este versículo em Mateus com a tradução correta para dizer: Eu (Jesus), porém, vos digo que qualquer que se divorciar de sua mulher, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a mulher divorciada comete adultério.’ Somente quando uma mulher é achada no ou antes do dia do casamento como não sendo virgem, somente então o homem poderia divorciar-se de sua esposa. E novamente, Moisés somente permitiu que o homem se divorciasse: “Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim” (Mateus 19:8). Em outras palavras, NÃO, você não pode divorciar-se de sua esposa porque a cláusula de exceção não se aplica para o depois de já se estar casado.

Tome cuidado quando diz que ‘Deus lhe disse’! “Eis que eu sou contra os profetas, diz o Senhor, que usam de sua própria linguagem, e dizem: ‘Ele disse’. Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o SENHOR, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com as suas leviandades; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem...” (Jeremias 23:31-32). “Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que odeia o repúdio (divórcio)” (Malaquias 2:16). Deus nunca diz para irmos contra a Sua Palavra! Ele nunca muda! Nunca!!! Você também deve ser muito cuidadoso com o que diz a respeito do divórcio ou recasamento, uma vez que isto pode levar outra pessoa a cair e divorciar-se ou casar novamente: “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem! (...) melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar” (Mateus 18:7,6).

Muitos têm sido enganados. Se você acredita que Deus deseja o divórcio, você tem sido enganado. “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz” (2 Coríntios 11:14).

A carne ceifa corrupção. “Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.” Gálatas 6:8. Preste atenção para ver qual é a sua ‘motivação’ antes de dar um passo na fé. Os desejos da carne parecem bons para a carne; se você tem uma urgência por trás disto, não precisará de nenhuma graça para ir adiante. “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis” (Gálatas 5:17).

Deus, somente Deus! Que conhecimento ganhamos ao vermos tantos casamentos problemáticos e destruídos? Deus e somente Deus pode manter um casamento unido! Através de sua obediência à Palavra de Deus!!! Mas você tem que conhecer Sua Palavra antes de poder obedecê-la. “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento” (Oséias 4:6). É por esta razão que você DEVE ler isto vez após vez! É por isto que deve meditar em Sua Palavra. É por isto que deve alimentar-se de Sua Palavra, não apenas todo o dia, mas o dia todo!

Vamos fazer um compromisso pessoal para

PERMANECERMOS CASADOS

e encorajarmos a todos que encontrarmos a fazer o mesmo.

Compromisso Pessoal: de permanecer casado e encorajar outros a fazerem o mesmo. “Baseado no que aprendi da Palavra de Deus, comprometo-me novamente ao meu casamento. Irei humilhar-me quando for necessário e dar todos os passos como uma ‘pacificador’ em meu casamento. Não encobrirei minhas transgressões ou induzirei outros a cair. Devotarei meus lábios para espalhar a Verdade de Deus a respeito do casamento.”

Por favor, comece a DOCUMENTAR, tendo o SENHOR em mente, sobre o que você aprendeu todos os dias pelos próximos 30 Dias para "Restaurar Seu Casamento".

Quanto mais você derramar o seu coração nos formulários, mais Deus e nós poderemos ajudá-lo. Esses formulários o ajudarão a manter o histórico. CLIQUE AQUI