Nota do Ministério: O testemunho que você vai ler é diferente da maioria, porque foi o marido de Jodi quem encontrou o RMI e começou a seguir os princípios. Diferente do que acontece com as mulheres, um homem pode compartilhar coisas com a esposa, como o seu líder espiritual, se lhe for pedido, como, neste caso, ele compartilhou o livro RSC. Felizmente você conseguirá vislumbrar vários insights maravilhosos, sem cometer o erro de fazer aquelas coisas que estão reservadas aos homens que buscam a restauração.

Eu sou uma Cristã nascida de novo. Na misericórdia do Senhor por mim, Ele me salvou de uma vida impregnada de drogas, álcool e crime para o meu próprio bem e pelo bem dos meus três lindos filhos. Estou limpa e sóbria há muitos anos, toda a glória seja dada a Deus. No entanto, eu ainda tinha muitos problemas dos quais eu estava tentando me curar, e que afetaram o meu casamento. Meu marido e eu somos de culturas diferentes. Tínhamos um relacionamento tumultuado cheio de raiva, ressentimento e amargura. Nós brigávamos e discutíamos constantemente. Nenhum de nós dois se sentia em paz em nosso lar. Ele não se sentia amado por mim, e então se voltou para outras opções. Um dia eu descobri que ele estava navegando na internet procurando por mulheres e entrando em sites de encontros. Eu fiquei devastada, mas permaneci fiel a ele na esperança de que as coisas mudassem.

E as coisas realmente mudaram em nosso casamento – para pior, e eventualmente nós nos separamos. Eu continuei tendo intimidade com meu marido durante a separação, mas logo descobri que ele estava afundando profundamente no pecado. Quando descobri, eu queria morrer. Eu cometi o erro de descobrir a nudez do meu marido para todo mundo que eu conhecia, inclusive na minha igreja. Eu busquei aconselhamento lá, e fui orientada a seguir em frente com a minha vida.

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldadeEmbora eu planejasse seguir em frente, eu acreditava que meu marido era o homem para a minha vida toda – até que a morte nos separasse, mas o meu sentimento de ódio por ele era muito forte. Como Deus nos diz em Sua Palavra “Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.” (Efésios 4:31). Eu não conseguia me livrar da minha amargura e permitir que Deus me curasse e trabalhasse dentro de mim. Ainda que com muitos conflitos, eu iniciei o processo de divórcio, feliz por ficar livre do meu marido. Eu cheguei mesmo a me libertar dele, mentalmente, durante uma das nossas reuniões de oração na minha igreja. Nada iria me fazer permanecer casada com alguém que eu achava que fosse o diabo.

Enquanto eu acreditava nisso a respeito dele, o Senhor estava transformando-o para melhor. Ele começou a jejuar e orar pelo nosso casamento, e eventualmente se tornou membro do website Encorajando Homens. Ele confessou para mim um dia, que estava permanecendo pelo nosso casamento e me deu uma cópia do livro Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento! Eu pensei, “Que ousadia da parte dele, como ele ousa!” Fiquei furiosa e disse a ela que nem se desse ao trabalho de orar por uma loucura daquelas, porque não iria acontecer. Poucas semanas depois de o meu marido ter me revelado isso, eu me encontrava em adoração profunda em uma conferência de reavivamento para mulheres, e ouvindo a Palavra e os testemunhos das outras pessoas serem derramados sobre mim. Foi nesta conferência que Deus falou ao meu coração dizendo ‘Eu posso consertar até o seu casamento.’ Eu estava devastada. Não conseguia entender por que Deus queria que eu voltasse com meu marido depois da forma como ele havia me tratado e me desrespeitado. Eu compartilhei esta revelação com algumas amigas de confiança, e com meus pastores. Meus pastores ficaram furiosos. Eles até foram na minha casa para me dizer que o que eu ouvi não tinha vindo de Deus. Eles nunca, nem uma única vez, me aconselharam a buscar a Deus nesta situação do meu casamento. Eu me sentia sozinha e vazia por dentro, e muitas vezes tinha pensamentos suicidas.

Ao invés de buscar em Deus as respostas e preencher o meu vazio, eu me voltei para um outro homem, e me envolvi em um relacionamento adúltero. Eu sabia que estava desobedecendo a Deus, mas continuei naquele relacionamento. Mas ele não preencheu o vazio que eu tinha; só me fez sentir pior. Eu sentia como se estivesse morrendo, e para piorar as coisas, eu engravidei deste outro homem. Meus pastores ficaram sabendo e ficaram mortificados. Eles me renegaram e não quiseram nem saber de mim. Mas, eu continuei nesse relacionamento. O tempo todo Deus usou esta situação horrível para o bem, e começou a dar convencimento ao outro homem..

Deus mostrou a ele, em um sonho, que eu ainda amava o meu marido, e que Ele iria restaurar tanto o meu casamento quanto o dele. Quando ele compartilhou isso comigo, eu chorei com o Senhor e depois com o meu marido. Meu marido não só me perdoou,como também prometeu ser um bom pai para o bebê. Começamos a conversar mais e a passar mais tempo juntos. Quando eu adoeci, algumas semanas mais tarde, o outro homem desapareceu, e foi o meu marido quem ficou ao meu lado e me levou às consultas médicas. Logo depois, eu comecei a ter sangramentos e fiz uma cirurgia de emergência devido a uma gravidez ectópica. Foi uma dolorosa lembrança dos meus pecados. Quando todo mundo me abandonou, o Senhor permitiu que meu marido ficasse ao meu lado, me levasse ao hospital para a cirurgia e cuidasse de mim depois. Ele não era o demônio que eu lembrava, mas sim um homem piedoso. Ele estava constantemente falando sobre Deus e de escrituras Bíblicas, e até mesmo ouvindo música Cristã. Antes ele odiava música Cristã! Provérbios 21:1 nos diz que, “O coração do rei é como um rio controlado pelo Senhor; ele o dirige para onde quer.” Eu estava vendo este versículo se cumprir em primeira mão. Meu marido havia mudado tanto, aquilo era somente obra de Deus!

Foi a mudança em meu marido que Deus usou para abrandar o meu coração. E enquanto ele continuava a abrandar, nós fomos ficamos cada vez mais próximos um do outro e do Senhor. Por fim nos reconciliamos e começamos a viver com Cristo como o centro das nossas vidas. Recentemente nós renovamos os nossos votos de casamento. Todo mundo achou que eu estava louca por aceitar meu marido de volta. Meus pastores eram completamente contra, e estavam mais preocupados com a imagem da igreja do que com a minha salvação e a do meu marido ou com o que seria o melhor para a nossa família. Eles me viam como uma distração e me renegaram completamente. Foi a graça e a misericórdia de Deus somente, que me salvou e restaurou o meu casamento. Quando eu não conseguia deixar ir as imagens do meu marido pecando, Deus se manifestava e me ajudava. Ninguém mais tem o poder de fazer coisas assim - nem pastores, nem marido, nem família ou amigos. Nem mesmo eu. Todas aquelas vezes eu clamei a Deus e orei para que Ele fizesse do meu marido um homem piedoso, fervoroso e minhas orações foram ouvidas.

Eu agradeço a Deus por Sua misericórdia e graça. Eu O agradeço por usar o meu marido para me trazer a este ministério, e por me dar o livro RSC. Quando eu cheguei aqui e preenchi a Avaliação de Casamento, eu ainda não o tinha lido. Demorou apenas um mês entre a data em que preenchi a Avaliação e o dia em que preenchi este testemunho de casamento restaurado. Eu já recomendei os materiais do Ministério para amigas simplesmente por causa da rapidez com que eles funcionaram e me ajudaram. Uma amiga em especial acabou de receber os papéis finais do divórcio. Estou ajudando-a a navegar pelo site do RMI e a encorajando. Estou acreditando na restauração do casamento dela também, mesmo com o divórcio tendo sido finalizado. Deus é um Deus de restauração. Só Ele pode consertar tudo!

Não desista minhas amigas! Eu estou acreditando com vocês que Deus irá realizar um milagre em sua situação. Aproximem-se Dele, assim como eu estou aprendendo a fazer. É um processo, mas somente Deus pode curar e restaurar. Ele ama a cada uma de vocês e se importa demais conosco. Ele não quer nos ver sofrendo e deseja que tenhamos um relacionamento íntimo com Ele. Dois dos meus versículos favoritos que Deus me deu estão em Salmos 56:8, “Registra, tu mesmo, o meu lamento; recolhe as minhas lágrimas em teu odre; acaso não estão anotadas em teu livro?” E o outro é Salmos 126:5-6, “Aqueles que semeiam com lágrimas,com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes.” Tudo que vocês semearem, mesmo com as lágrimas, a dor e o sofrimento que estão experimentando, será recompensado se vocês apenas buscarem ao Senhor em primeiro lugar. Não, minhas queridas irmãs, Deus não se esqueceu de vocês. Clamem a Ele nos seus momentos de maior escuridão. Ofereçam sacrifícios de louvor a Ele. Passem tempo com Ele em seus momentos de alegria também. Ele está esperando por vocês!